finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Sessão para votação do mínimo na Câmara começará às 13h40

Além do projeto do governo, serão colocadas em discussão a emenda do PSDB, que fixa o valor de R$ 600, e a do DEM, que reajusta o mínimo para R$ 560 

Rosana de Cassia, da Agência Estado,

16 de fevereiro de 2011 | 09h51

A sessão extraordinária da Câmara para a votação do projeto de lei que fixa o salário mínimo em R$ 545 está marcada para as 13h40.

Além do projeto do governo serão colocadas em discussão duas emendas: uma do PSDB, que fixa o valor de R$ 600, e outra, do DEM, que reajusta o mínimo para R$ 560.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.