Setor de eletroeletrônicos retoma negócios

O setor de eletroeletrônicos obteve uma retomada dos negócios em março, segundo documento da Associação Brasileira da Indústria de Elétrica e Eletrônica (Abinee) obtido pela Agência Estado. O primeiro trimestre teve uma atividade menor do que o esperado, mas ainda acima de igual período do ano passado, segundo as estimativas da entidade.O documento diz que o desenvolvimento de redes de telefonia celular de novas tecnologias incrementou os investimentos em infra-estrutura, além de garantir vendas de aparelhos celulares. A área de informática se beneficiou com a MP 100, que isentou de IPI os computadores de até R$ 11 mil e o segmento de Geração, Transmissão e Distribuição (GTD) de energia ainda teve investimentos em função do leilão das linhas de transmissão feito em agosto do ano passado.A expectativa da Abinee é de que os negócios do setor se recuperem ainda mais no decorrer deste mês, por causa da redução do dólar, da queda do risco Brasil e desaceleração da inflação.

Agencia Estado,

11 de abril de 2003 | 19h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.