bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Setor de energia terá R$ 300 milhões por ano, diz Aneel

O setor de energia elétrica terá R$ 300 milhões por ano para financiar as atividades de pesquisa e desenvolvimento, além da melhoria energética. "Isso é mais do que o dobro do que o setor vinha tendo nos últimos anos", disse hoje o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), José Mário Abdo, durante o IX Congresso Brasileiro de Energia, realizado no Rio. Esses recursos, segundo ele, serão alocados pelas próprias empresas e corresponderão a 1% da receita bruta dessas companhias. "A vantagem é que não há dinheiro público, o que dá mais garantias de continuidade", afirmou. De acordo com Abdo, a Aneel buscou apoio junto à instituições especializadas, como o Centro Nacional de Pesquisa Tecnológica (CNPq), para questões tecnológicas, e o Programa de Conservação de Energia (Procel), para a eficiência tecnológica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.