Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Setor de serviços dos EUA cresce em ritmo menor que esperado

O setor de serviços dos Estados Unidos cresceu em outubro pelo segundo mês consecutivo, mas em ritmo menor que o esperado, segundo um relatório divulgado nesta quarta-feira.

REUTERS

04 de novembro de 2009 | 13h20

O índice do setor de serviços, apurado pelo Instituto de Gestão do Fornecimento (ISM, na sigla em inglês), caiu para 50,6 no mês passado, contra 50,9 em setembro, abaixo da estimativa de economistas de 51,5. Um dado abaixo de 50 indica contração do setor de serviços.

O setor de serviços representa cerca de 80 por cento da atividade econômica dos Estados Unidos.

(Reportagem de Chris Reese)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUASERVICOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.