Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Setor de transportes já está em colapso, avalia Abdib

O segmento de transportes e logística no Brasil "já está em colapso", disse hoje o presidente da Associação Brasileira da Infra-Estrutura e Indústria de Base (Abdib), José Augusto Marques. O executivo afirmou que, se o País tivesse obtido neste ano uma supersafra agrícola, "teríamos filas de caminhões superiores aos 70 quilômetros registrados entre o Porto de Paranaguá e Curitiba na recente greve dos portuários".Ao divulgar um balanço das atividades das áreas de infra-estrutura e indústria de base em 2003, Marques citou os transportes como exemplo de gargalos existentes no segmento de infra-estrutura devido a uma redução dos investimentos privados e públicos.Relações comerciaisO segmento de infra-estrutura e indústria de base registrou em 2003 o primeiro superávit na balança comercial desde 1998, anunciou hoje o presidente da Abdib. Segundo levantamento da entidade, os dois segmentos obtiveram no ano passado um superávit de US$ 700 milhões, ante um déficit de US$ 900 milhões em 2002. "Está ocorrendo uma clara substituição de importações nesses segmentos no País", analisou.A Abdib trabalha com a expectativa de que esse superávit deva se repetir, com a mesma cifra, em 2004. "A partir de então, os resultados dependerão do desempenho da economia", acrescentou. Marques considerou o resultado bom, "para um segmento que obteve um déficit de US$ 4 bilhões" em 2001. Segundo ele, as empresas vêm se recompondo dos efeitos de uma política cambial que acabou desestimulando a produção brasileira de equipamentos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.