Setor farmacêutico reduz jornada

TRABALHO

O Estadao de S.Paulo

23 de abril de 2008 | 00h00

Os 37 mil trabalhadores químicos na indústria farmacêutica no Estado de São Paulo conquistaram redução na jornada de trabalho de 44 horas para 40 horas semanais. O acordo vai ser firmado em convenção coletiva prevista para ser assinada hoje por representantes da indústria farmacêutica, da Força Sindical e da Central Única dos Trabalhadores (CUT).O reajuste salarial será de 6,5%.OUTRAS CONQUISTAS0,95% é o aumento real dos salários da categoriaR$ 735 é a PLR mínima nas empresas com até 100 trabalhadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.