Setor prevê crescimento de 18% este ano no País

O setor de franquias deve crescer 18% em 2010. A estimativa é do diretor executivo da Associação Brasileira de Franchising (ABF), Ricardo Camargo. Em 2009, o setor de franquias cresceu 14,7% na comparação com 2008, faturando R$ 64 bilhões. Atualmente, existem no País 1.643 marcas com 80 mil lojas franqueadas.

Chico Siqueira, O Estado de S.Paulo

26 de setembro de 2010 | 00h00

"O canal franquia vai continuar crescendo em dois dígitos nos próximos anos. A previsão é crescer entre 14% e 15% em 2011, isso porque os projetos de shoppings estão sendo retomados no País", diz Camargo. É nos shoppings que as lojas de franquias encontram o melhor clima para prosperar.

Segundo a ABF, Rio Preto é hoje o terceiro polo de redes de franquias do País, perdendo para São Paulo, Rio de Janeiro e Campinas. "O nascimento de grandes marcas e empresas criadoras de franquias, aliado ao interesse dos investidores locais, favoreceu a região", diz Camargo.

Números da ABF mostram que as 31 marcas presentes na cidade faturam uma média de R$ 99,6 milhões mensais em 2.835 lojas, sendo 73 próprias e 2.762 franqueadas.

Elas mantêm 11.439 postos de trabalho. Até o fim do ano, ao menos cinco novas franqueadoras vão surgir e as 31 marcas da cidade devem inaugurar, no mínimo, 150 novas lojas no Brasil e no exterior, abrindo ao menos 200 novas vagas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.