Setor siderúrgico investe para ampliar produção

O setor siderúrgico brasileiro está iniciando um novo ciclo de investimentos para ampliar a capacidade de produção das atuais 34 milhões de toneladas para 40 milhões de toneladas em 2007, segundo adiantou o vice-presidente executivo do Instituto Brasileiro de Siderurgia (IBS), Marco Polo de Mello. Segundo ele, os investimentos na produção dos projetos siderúrgicos já existentes no País totalizarão US$ 4 bilhões de 2003 a 2007. O executivo explicou que nos últimos nove anos, após as privatizações do setor, a siderurgia brasileira recebeu US$ 12 bilhões em investimentos para modernização das empresas. Marco Polo de Mello explicou que os investimentos em curso, agora, têm como principal objetivo atender ao reaquecimento do mercado interno. Ele participa do congresso mundial de siderurgia que está sendo realizado pelo Instituto Latino-Americano de Ferro e Aço (Ilafa) no Rio.

Agencia Estado,

03 de novembro de 2003 | 13h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.