Setor sucroalcooleiro estimula emprego industrial em SP

No ano, o emprego acumula alta de 5,85% - com 127 mil novos postos

REUTERS

15 de maio de 2008 | 16h14

O emprego na indústria de São Paulo cresceu 1,04% em abril sobre março, com ajuste sazonal, o equivalente à abertura de 62 mil vagas, informou uma entidade do setor nesta quinta-feira. Sem ajuste, a alta mês a mês foi de 2,75%, acrescentou a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). No ano, o emprego acumula alta de 5,85% - com 127 mil novos postos - e nos 12 meses tem avanço de 5,44% - resultando em 119 mil vagas abertas. O setor de açúcar de álcool foi responsável por 80% do resultado de abril e por 74% da taxa acumulada no ano. O segmento de Coque, refino de petróleo, combustíveis nucleares e álcool teve a principal variação percentual do mês, com alta de 15,80%, seguido por Alimentos e bebidas - que inclui o açúcar -, com expansão de 13,18%. (Reportagem de Vanessa Stelzer)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROBRFIESP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.