Setor sucroenergético entra no Reintegra já este ano, diz Mantega

A entrada de empresas do setor de açúcar e etanol no programa Reintegra, de benefícios fiscais, será imediata, disse nesta quarta-feira o ministro da Fazenda, Guido Mantega.

REUTERS

10 de setembro de 2014 | 10h30

Uma fonte disse à Reuters que o programa de restituição tributária custará cerca de 900 milhões de reais em receitas ao Estado.

(Reportagem de Luciana Otoni)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSACUCARMANTEGA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.