Seus direitos:

AutosComprei uma Xsara Picasso GLX 2008 em 20/3 e fui retirá-la no início de abril. No dia o ar-condicionado não funcionou, e deixei-a na revenda; dois dias depois, o câmbio automático começou a dar trancos na redução da 2.ª para 1.ª. Lá foi ela para a revenda de novo, e está parada até hoje (22/4) porque não identificam o problema. Abri queixa no 0800 Citroën e pedi um carro-reserva, que não consegui (fiquei sem carro no feriado). Gastei R$ 70 mil no carro para andar de táxi? E serei reembolsado pelos gastos? CARLOS CASTILHOVila Leopoldina A Citroën do Brasil responde:"Segundo a concessionária, foi diagnosticada anomalia no módulo da caixa de transmissão. O reparo foi feito sem nenhum ônus ao cliente e o carro foi entregue em perfeitas condições de utilização no dia 25/4."Adquiri um Renault Mégane Grand Tour 2.0 manual, zero-km, em 5/3. No sábado 10/5, trafegava na SP-342 em direção a Espírito Santo do Pinhal quando o carro cortou a aceleração, perdeu os freios e a direção endureceu. Eu estava no meio da autopista com minha mulher e nossa filha de 11 meses quando houve a falha no sistema elétrico. Perdemos o almoço do Dia das Mães e voltamos de guincho. O carro foi um presente à minha mulher, para ela ter mais segurança ao sair com o bebê. O que teria ocorrido se estivéssemos descendo a serra? Como é que eu frearia?Exijo a devolução imediata do carro à Renault. FRANCISCO LUIZ MACCIRE JÚNIORCapitalA Renault responde:"O carro foi reparado, testado e entregue ao cliente em perfeitas condições de uso e funcionamento no dia 19/5."Minha mãe e eu compramos um Ford KA em fevereiro (carta de 27/5), com acordo por escrito de entrega em 90 dias (verbalmente, foi prometido até para antes). Mas o prazo se esgotou, e até agora não há previsão de entrega. A Concessionária Lemar informa que a Ford não tem peças para fazer o carro, e a Ford alega que a responsabilidade é da revenda. FREDERICO e NILZA MANCUSO CapitalA Ford responde:"A entrega dos KAs ocorre em prazo acima do normal devido ao sucesso de vendas, que causou um temporário desequilíbrio entre demanda e oferta. Entregamos o carro em 3/6."Em 23/4, comprei um Polo Sportline completo, com pintura perolizada, mas no começo do mês tive a desagradável surpresa de ver a tinta do capô sair em dois pontos, com fezes de pássaro, quando o carro foi lavado com detergente normal. Pensei que era sujeira, não tinta, e fiz uns arranhões em torno das falhas na pintura. Levei o carro à concessionária, que pede R$ 400 pelo conserto. Se não é defeito original da pintura, terei de passar a cobrir o capô para protegê-lo das aves? LUIZ RENATO MONTEZ GUIDONI CambuciA Volkswagen responde:"Segundo informa a Brasilwagen, o inconveniente não se caracteriza como falha de fabricação/material do produto, o que nos impede de atendê-lo em garantia. Segundo o Manual de Instruções, a melhor proteção contra influências ambientais nocivas é a lavagem freqüente e a aplicação de produtos de conservação. Quanto mais tempo os resíduos de insetos, excremento de aves, resina de árvores, poeira de estrada e outros sedimentos agressivos permanecerem aderidos à superfície, mais persistente será o efeito destruidor. Em temperaturas elevadas, devido p. ex. à exposição ao sol, aumenta o efeito corrosivo. Nunca se deve tentar remover a sujeira com a superfície do veículo seca, nem usar pano ou esponja secos, para não riscar a chapa ou os vidros do veículo. A sujeira e os resíduos deverão ser amolecidos com água abundante, antes de qualquer remoção."Minha mulher comprou um scooter Sundown Future 125 cc. Ele está com 2,5 mil km, próximo da revisão dos 3 mil. Em 26/5 liguei para marcar a revisão, mas ela só será possível em 24/7, dois meses depois do prazo. Completo a quilometragem em 10 dias, e não posso ir trabalhar com a moto para não perder a garantia. Há poucas concessionárias Sundown em São Paulo, e na revenda há sempre uma fila de pessoas reclamando do atendimento. MÁRCIO JORGE FAZZIMorumbiA Sundown responde:"O leitor informa ter recebido contato da revenda e marcou a revisão para o dia 2/6."Tenho um Peugeot 2007 mod. 2008 automático. Em 30/4, eu dirigia normalmente quando percebi mau desenvolvimento do veículo, que não estava trocando de marcha automaticamente. Parei o carro, soou um alarme e a luz do painel começou a piscar, acendendo-se a frase caixa automática com anomalias. Liguei o carro de novo, mas quando colocava o câmbio na letra P (parado), ele acusava N (neutro), e na letra D (drive) aparecia o N. Contatei a Peugeot, e me disseram que mandariam um guincho. O carro ficou parado uma semana na autorizada, e dias depois de tirá-lo do conserto, ao buscar minha filha no colégio, o problema voltou. Chamei o guincho em 8/5 e hoje, dia 16, o carro ainda não foi consertado e ninguém dá alguma informação. Depois de muita briga e de dias a pé, descobri ter direito a um carro-reserva. E ele nem é Peugeot... SANDRA REGINA VIEIRAGranja VianaA Peugeot responde:"O carro esteve imobilizado na Concessionária Paris para verificar a caixa de câmbio. Concluído o diagnóstico, as intervenções necessárias foram feitas em garantia. O veículo foi entregue à cliente, em ordem, no dia 24/5. Durante o período de imobilização, oferecemos o suporte necessário a fim de minimizar os transtornos."Há mais de um ano comprei um Fiat Idea na concessionária Ventuno-Ceasa dando meu Ford Fiesta como parte do pagamento, mas a partir daí o Fiesta, já vendido, recebeu várias multas. A concessionária pagou as multas, mas o acúmulo de pontos acarretou a suspensão da minha CNH - e a concessionária ainda não deu solução.ROBERTA MENEZES VILARCapitalA Fiat responde:"A Ventuno tomou as providências devidas para regularizar a documentação do carro nos órgãos de trânsito."Em 23/4, ao fazer uma conversão, ouvi um barulho de peça metálica caindo do meu Honda Fit, e perdi o controle da direção (parecia que o volante estava solto). Na concessionária diagnosticaram perda de um parafuso e duas porcas do lado direito (de fixação do cubo ao amortecedor). Em setembro, fiz a revisão dos 30 mil km na Issa Motors. Avisei de ruído no lado direito e eles substituíram as peças que tiveram as porcas e parafusos soltos, mas erraram ao substituir o ?braço estabilizador esquerdo? (o lado com problema era o direito). Pedi ressarcimento do que gastei com o reparo, mas a Honda quer que eu envie o carro à Issa para vistoria. E não me sinto confortável em deixá-lo no lugar que causou o problema atual. CELSO AKIO KIMURAOsasco/SPA Honda diz que a questão foi resolvida; o leitor confirma o contato e aguarda o depósito.Este espaço é aberto a reclamações de consumidores que se sintam prejudicados ou tenham dúvidas ref. às suas relações com empresasAs reclamações devem ser endereçadas à coluna Seus Direitos, a/c de CECILIA THOMPSON, com nome, endereço, RG e telefone, podendo ser resumidas a critério do jornal. Reclamações sem esses dados não serão consideradas. Todas serão enviadas às empresas, que terão 15 dias para responderENDEREÇOAvenida Engº Caetano Alvares, 55, 6º andar, CEP 02598-900, São Paulo/SP FAXFax (011) 3856-4590E-MAIL consumidor.estado@grupoestado.com.br

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.