Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Shell planeja cortar entre 350 e 450 altos cargos, diz site

A companhia Royal Dutch Shell planeja cortar entre 350 e 450 cargos de gerência senior como parte de uma restruturação para reduzir custos e melhorar a performance operacional da empresa, afirmou um site no qual empregados da companhia divulgam informações internas.

REUTERS

30 de maio de 2009 | 17h20

O corte representa quase 30 por cento do "grupo sênior de executivos" da gerência da Shell, afirmou John Donovan, operador do site Royaldutchshellplc.

No início desta semana, a Shell anunciou uma importante restruturação, mas não divulgou metas para corte de custos ou de funcionários.

O site Royaldutchshellplc.com foi o primeiro a revelar notícias sobre a planejada restruturação.

A Shell não quis comentar.

(Reportagem de Tom Bergin)

Tudo o que sabemos sobre:
PETROLEOSHELLCORTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.