Shopping Center Norte, um gigante ameaçado

Com 6 mil empregados e mais de 300 lojas, centro de compras corre risco de explosão e trava batalha na Justiça para permanecer aberto

Bianca Pinto Lima, do Economia & Negócios / Colaboração: Rose Saconi,

04 Outubro 2011 | 11h27

SÃO PAULO - Inaugurado há 27 anos, o shopping Center Norte surgiu como uma aposta do empresário Curt Walter Otto Baumgart em uma zona ainda pouco explorada da cidade. Atualmente, cerca de 120 mil pessoas circulam aos finais de semana pelos 64 mil m² de área construída do empreendimento.

Apesar dos números expressivos, o centro de compras tem sua história marcada por ameaças de interdição. Em 1985, pouco antes de o shopping completar um ano de vida, o grupo Center Norte já respondia processo por irregularidades na construção da obra.

Agora, a prefeitura da capital paulista tenta interditar o empreendimento devido à existência de gás metano acima do permitido no local onde foi construído. De acordo com a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), há risco de explosão.

Confira abaixo alguns números desse gigante do comércio:

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.