Shopping Iguatemi tem 5ª área mais cara das Américas

Um ranking da consultoria Cushman & Wakefield põe o Shopping Iguatemi, em São Paulo, como o quinto endereço comercial mais caro das Américas, subindo duas posições em relação a 2009. O centro comercial só fica atrás de três tradicionais locais de Nova York - como a Quinta Avenida - e da famosa Rodeo Drive, em Los Angeles. O comerciante instalado no Iguatemi paga US$ 4.335 ao ano por metro quadrado de loja.

AE, Agencia Estado

22 de setembro de 2010 | 09h02

Na lista mundial da consultoria, que considera apenas os endereços mais caros de cada País, o Brasil aparece em 11º lugar, subindo quatro posições em relação ao ano passado, representado justamente pelo Shopping Iguatemi. Considerados apenas os países americanos, o Brasil só fica atrás dos EUA (1º colocado) e supera Canadá (20º), Chile (35º) e Argentina (47º). Na comparação com as principais economias emergentes, o País está à frente de Rússia (15º lugar), China (16º) e Índia (21º).

O levantamento mostra o Brasil como a "vedete" do mercado de luxo entre as grandes economias mundiais. Ao lado de cidades e países como Hong Kong, Filipinas, Coreia do Sul, Suécia e Líbano, a consultoria aponta o Brasil como uma das poucas nações em que a previsão é positiva tanto para o consumo quanto para a evolução do preço dos pontos dedicados ao comércio de luxo. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
shoppingIguatemiáreapreçoaluguel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.