finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Shoppings propõem redução de 2h nas atividades

Representantes de shopping centers apresentaram hoje ao ministro de Minas e Energia, José Jorge, uma proposta de diminuição em duas horas do horário de funcionamento desses estabelecimentos de segunda a sábado, para evitar que os shoppings tenham que fechar aos domingos, como vem sendo estudado pelo governo. Pela proposta, os shoppings abririam às 11h30 e fechariam às 21h30 de segunda a sábado e funcionariam seis horas no domingo. "As seis horas de domingo atendem a uma população que não tem tempo para fazer compras durante a semana", observou o presidente do grupo Multiplan, José Isaac Peres. Segundo ele, o faturamento dos shoppings ao domingo representa 18% do total.De acordo com Peres, a redução do horário de funcionamento resultaria numa economia de energia de 12 horas semanais, o dobro das seis horas de funcionamento dos shoppings aos domingos. Além dessa redução, seriam feitos outros cortes nos elevadores, na iluminação e nos outdoors entre outros para se chegar a uma economia total de 20%. Ele e o presidente da Empresa Gerenciadora de Empreendimentos Comerciais (Egec), Paulo Stewart, que o acompanhou na audiência com o ministro, disseram estar falando em nome de 200 shopping centers.

Agencia Estado,

17 de maio de 2001 | 13h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.