Shoppings vendem 11% mais neste Natal, diz associação

Descontada a inflação, crescimento foi de 7%; eletroeletrônicos foram os produtos mais vendidos

estadao.com.br,

26 de dezembro de 2009 | 13h00

As vendas nas lojas de shoppings centers para o Natal deste ano foram 11% maiores do que no mesmo período de 2008, informou neste sábado (26) a Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop). Descontada a inflação, o aumento foi de 7%.

 

Os produtos que se destacaram neste ano foram os eletrodomésticos e eletrônicos, que venderam 30% mais que no ano passado. Nessa categoria, os mais vendidos foram televisões de LCD ou plasma, máquinas de lavar e equipamentos de informática.

 

Segundo a entidade, o crescimento das vendas de eletrodomésticos e eletrônicos foi impulsionado pelo corte do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) sobre produtos como fogões, máquinas de lavar e geladeira.

 

A queda do dólar também foi apontada pelo presidente da Alshop, Nabil Sahyoun, como fator que ajudou as vendas de fim de ano. Com a moeda norte-americana mais fraca, produtos estrangeiros ou com peças importadas tendem a ficar mais acessíveis. Segundo Sahyoun, computadores, aparelhos de DVD e televisores ficaram mais baratos.  

 

Os consumidores de eletroeletrônicos, que no ano passado gastaram em média R$ 1,2 mil, desta vez desembolsaram em torno de R4 1,5 mil.

 

Além desse segmento, também registraram avanços os setores de perfumaria e cosméticos (19%), e de óculos, bijouterias e acessórios (19%). O setor de brinquedos apresentou o menor crescimento nominal, de 6%, informou a Alshop.

 

O levantamento foi realizado em parceria com a consultoria Deloitte junto a 150 empresas de varejo associadas à Alshop e que respondem por cerca de 6,3 mil lojas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.