Siderúrgica européia pretende fazer nova oferta pela CSN

A siderúrgica anglo-holandesa Corus pretende fazer uma nova oferta para uma fusão com a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), após uma tentativa frustrada há quatro anos, segundo uma reportagem publicada pelo jornal britânico The Independent nesta sexta-feira. De acordo com o jornal, a companhia tenta com isso ?garantir uma base de suprimento de baixo custo e ajudar a manter sua independência?.?Qualquer acordo com a companhia brasileira envolveria provavelmente um acordo de parceria ao invés da compra simples da CSN por 2,7 bilhões de libras (cerca de R$ 9,7 bilhões) que a Corus tentou em 2002?, diz a reportagem.O presidente da Corus, Philippe Varin, disse ao jornal que o Brasil é uma das regiões do mundo onde a companhia está interessada em se aliar com ?um produtor de baixo custo para melhorar a eficiência do grupo?. As outras regiões, segundo ele, são a Índia e as ex-repúblicas soviéticas.?Discussões exploratórias estão em andamento. Estamos prontos para entrar em parcerias locais quando necessário?, disse Varin ao The Independent.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.