coluna

Louise Barsi explica como viver de dividendos seguindo o Jeito Barsi de investir

Siderúrgicas do Japão fecham com prejuízo

Quatro das cinco principais siderúrgicas do Japão registraram prejuízo no ano fiscal encerrado em 31 de março de 2002 e agora colocam as suas esperanças nas exportações e nas maiores reduções de custos para uma retomada do setor.Afetada pela fraca demanda doméstica e preços mais baixos, a Nippon Steel Corp., maior siderúrgica do Japão, sofreu um prejuízo líquido de 28,40 bilhões de ienes (US$ 226,7 milhões) no ano fiscal até 31 de março, ante um lucro de 26,49 bilhões de ienes no ano anterior.Esse foi o primeiro prejuízo líquido do grupo desde o ano financeiro de 1994-95. As vendas tiveram queda de 6% para 2,58 trilhões de ienes (US$ 20,6 bilhões)."Mesmo que aumente a demanda no setor automobilístico, esperanças de uma recuperação na demanda doméstica geral, em particular no setor de construção, são pequenas", disse Tetsuo Seki, vice-presidente da Nippon Steel. "A menos que o consumo de aço no mercado doméstico apresente uma significativa retomada talvez tenhamos que ajustar a produção e reduzir os níveis de estoque", disse ele.Produção de açoNo ano fiscal encerrado em março, a produção de aço bruto no Japão declinou 5% para 102 milhões de toneladas, em vista da redução nos projetos de obras públicas, o enfraquecimento das construções de casas e a estagnação do investimento corporativo.A Japan Iron & Steel Federation estima que a produção de aço do Japão decline ainda mais para 95 milhões de toneladas no ano fiscal até março de 2003.O ministério das Finanças do Japão informou que as exportações de aço aos EUA em abril declinaram 26,8% em relação a 2001 para 113 mil toneladas métricas.A NKK também teve um prejuízo líquido de 67,59 bilhões de ienes (US$ 539,7 milhões) e queda de 8% nas vendas para 1,65 trilhão de ienes (US$ 13,1 bilhões).A Sumitomo Metals Industries Ltd. registrou um prejuízo líquido de 104,72 bilhões de ienes (US$ 836,2 milhões) e as vendas recuaram 10% para 1,35 trilhão de ienes (US$ 10,7 bilhões).A Kobe Steel Ltd. verificou um prejuízo líquido de 28,51 bilhões de ienes (US$ 227,6 milhões) e as vendas tiveram queda de 13% para 1,19 trilhão de ienes (US$ 9,5 bilhões).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.