carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Siderúrgicas japonesa e chinesa discutem joint venture

A Nippon Steel Corp. e a Baoshan Iron & Steel Co., maior siderúrgica da China, estão em discussões para criar uma joint venture, visando a produzir chapas de aço para automóveis, informou fonte de ambas as empresas. Nenhuma decisão ainda foi tomada sobre a joint venture, porém um acordo final poderá ser alcançado ainda este ano, disse a fonte da firma chinesa. O jornal Nihon Keizai Shimbum informou que transação representará o maior projeto conjunto de aço da China, com investimentos totaliza ndo cerca de 8 bilhões de yuans (US$ 966,1 milhões). Se o pacto for concretizado, o empreendimento construirá uma fábrica de chapas de aço laminadas a frio em Xangai, que deverá iniciar suas operações em meados de 2005, disse a fonte da Baoshan. A unidade deverá ter uma capacidade de produção anual de aproximadamente 1,7 milhão de toneladas de chapas de aço. A produção das chapas de aço deverá mostrar sólido crescimento na China, em parte devido ao seu uso em automóveis, cuja demanda está aumentando, à medida que o governo relaxa as regras para o controle sobre montadoras e com a população com maior poder aquisitivo para adquirir veículos. A produção das montadoras da China subiu 33% para 2,3 milhões de unidades no período de janeiro a setembro deste a no, de acordo com dados da mídia estatal chinesa. A fonte da Baoshan não quis discutir a possível estrutura acionária de uma joint venture com a Nippon Steel. O Nihon Keizai Shimbum afirma que a Nippon Steel está negociando assumir uma fatia entre 30% e 40% no empreendimento. As informações são da agência Dow Jones.

Agencia Estado,

13 de novembro de 2002 | 11h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.