finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Siemens VDO tem novo controlador

Continental compra rival por 11,4 bilhões e forma um grupo com faturamento anual de 25 bilhões

O Estadao de S.Paulo

07 de julho de 2026 | 00h00

Em uma das maiores aquisições da história da indústria de autopeças, a Siemens informou ontem que vai vender sua unidade automotiva, a VDO, para sua rival, a também alemã Continental, por US$ 15,66 bilhões ( ? 11,4 bilhões). O negócio deve ser concluído até o fim do ano.Paralelamente, a Siemens informou que pretende comprar a empresa americana Dade Behring, do setor de diagnósticos clínicos, por cerca de US$ 7 bilhões (? 5,06 bilhões). Esse acerto deverá ser concluído até o fim do primeiro semestre do próximo ano.Segundo comunicado distribuído no Brasil pela subsidiária da Continental, foi a maior compra nos 136 anos de história da empresa. O negócio ainda será avaliado pelos conselhos de ambas as empresas e depende de aprovação das autoridades antitruste para ser efetivado.Juntas, Continental e VDO empregam 140 mil funcionários em mais de 80 países e foram responsáveis, no ano passado, por vendas de cerca de 25 bilhões. ''''Continental e VDO, duas empresas ricas em tradição e dotadas de enorme capacidade de performance, têm a oportunidade única de conquistar a liderança global no segmento de fornecimento de componentes automotivos'''', afirmou em nota Manfred Wennemer, diretor-presidente do grupo Continental.As duas companhias têm filiais no Brasil, mas nenhuma delas deu declarações ontem sobre possíveis mudanças nos negócios locais. O grupo Continental tem três fábricas no País, que empregam 2.080 funcionários. Uma delas, a de pneus, foi inaugurada no ano passado, em Camaçari (BA). Outra unidade produz correias, coxins e mangueiras em Várzea Paulista, na Grande São Paulo, e a terceira faz sistemas de freios e peças para chassis em Ponta Grossa (PR).Já a Siemens VDO tem seis unidades no Brasil, em Guarulhos, Barueri e Salto (SP), Manaus (AM), Gravataí (RS) e Resende (RJ), que produzem diversos componentes, entre os quais painéis de instrumento e controle de ar. Ao todo, emprega 1,8 mil trabalhadores.''''Unindo forças, somando habilidades e aliando posições de liderança mundial em mercados-chave como segurança, chassis, sistemas de freios e eletrônica embarcada, estaremos bem posicionados para enfrentar a competição global e sermos lucrativos em todos os megamercados que integram nossas áreas de atuação'''', afirmou Wennemer.A Continental informou que pagará ? 10,4 bilhões à vista pela VDO e vai repassar à Siemens a diferença de ? 1 bilhão em incentivos fiscais. NÚMEROS 140 milfuncionários trabalham nas fábricas da Continental e da VDO? 10,4 bilhõesserá o valor pago pela Continental, à vista, pela VDO, além de1 bilhão em incentivos fiscais

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.