Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Sinalizador industrial de São Paulo cresce 1,3% em julho

Índice, elaborado pela FGV e Eletropaulo, pretende antecipar tendências da atividade industrial no Estado

ALESSANDRA SARAIVA, Agencia Estado

09 de agosto de 2007 | 09h33

O Sinalizador da Produção Industrial (SPI) de São Paulo subiu 1,3% em julho ante o mês anterior, na série com ajuste sazonal - em comparação com o aumento de 1% em junho frente maio. Essa foi a quinta edição desse indicador mensal, elaborado por meio de parceria entre a Fundação Getúlio Vargas (FGV) e a AES Eletropaulo. O objetivo do indicador é o de antecipar as tendências da atividade industrial no Estado de São Paulo.   Na comparação com julho do ano passado, o SPI cresceu 9,5% em julho deste ano. De acordo com comunicado sobre o indicador, divulgado nesta quinta-feira, 9, o crescimento de 9,5% supera a taxa de 6,8% observada em junho, no mesmo tipo de comparação.   Ainda segundo o informe, no acumulado do ano até julho, a indústria paulista teria crescido 4,9% - mostrando assim uma aceleração, também nesta base de comparação, em relação a junho, quando a taxa de elevação havia ficado em 4,1%.

Tudo o que sabemos sobre:
indústria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.