Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Sindicato dos Metalúrgicos de Santos se desfilia da CUT

O Sindicato dos Metalúrgicos da Baixada Santista aprovou a desfiliação da Central Única dos Trabalhadores (CUT) em assembléia realizada ontem à noite em Santos. A proposta foi aprovada com 91% dos votos.O presidente do sindicato, Alvemi Cardoso Alves, afirma que a desfiliação aconteceu após anos de discordâncias. "Desde a época do governo FHC, quando a CUT apoiou a reforma da Previdência, a gente vem debatendo e vendo que eles estão errados, mas sempre perdemos os debates internos".De acordo com o sindicalista, consolidou a decisão o fato de representantes da CUT não terem comparecido às recentes manifestações dos siderúrgicos e metalúrgicos, como a mobilização contra a demissão dos 3.600 trabalhadores da Volkswagen de São Bernardo em setembro. Um dos fundadores da CUT, o sindicato realizou várias plenárias na região para discutir os motivos da proposta de saída. O sindicato já faz parte da Intersindical e não tem intenção de se associar a outra central por enquanto. "Queremos fortalecer a Intersindical no Brasil todo, temos convites pra ir pra outras centrais (e cita a CTB, ligada ao PCdoB, e Com Lutas, ligada ao PSTU), mas vamos dar tempo ao tempo para organizar a Intersindical".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.