Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Sindicato mostra formação do preço dos combustíveis

Com o objetivo de combater a animosidade e a desconfiança criadas com as contínuas denúncias de cartel no setor de combustíveis, o Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis do Paraná (Sindicombustíveis) iniciou uma campanha, com a colocação de cartazes com os valores e os porcentuais correspondentes aos impostos e encargos devidos pelos proprietários dos estabelecimentos. "O revendedor honesto não tem o que esconder", diz o presidente do Sindicombustíveis, Roberto Fregonese.Cada revendedor preenche a tabela discriminando os valores correspondentes a Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), impostos federais (Cide, Pis e Cofins), preço da gasolina "A", preço do álcool anidro, porcentual do frete, margem da distribuição, revenda e armazenagem, além do custo do cartão de crédito. "Com a campanha ficará tão escancarada a carga tributária e os custos da Petrobrás, que o consumidor vai compreender melhor os mecanismos que regem os preços", afirma Fregonese.Esta é a terceira vez que o Sindicombustíveis faz uma campanha semelhante. "Tenho certeza que jamais um segmento teve a coragem e a ousadia de despir-se perante o mercado, e, em respeito ao consumidor, de forma clara e transparente, expor a composição do preço de seus produtos", diz o presidente. "Espero que, após esta exposição, nos deixem trabalhar em paz e que os governos estadual, federal e a Petrobras expliquem ao consumidor a sua parte."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.