Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Sindicato tenta suspender liminar em SP

O Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região ingressou na manhã de hoje com medida judicial junto ao Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 2ª Região, com o objetivo de suspender a medida liminar concedida ontem pelo juiz Pedro Paulo Teixeira Manus, vice-presidente do TRT/SP, na qual estabeleceu que 60% do contingente dos bancários de cada agência deveria trabalhar a partir de hoje.A medida judicial foi encaminhada à juíza Maria Aparecida Duenhas, relatora do processo no TRT/SP, que decidirá se a greve iniciada em 15 de setembro é legal ou abusiva. Não há previsão sobre quando a juíza deverá se manifestar sobre o pedido de suspensão da liminar.No final da manhã de hoje, o sindicato realiza uma manifestação no Centro de São Paulo, onde há grande concentração de agências bancárias para, numa espécie de "arrastão", pressionarem as agências abertas a fecharem suas portas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.