Sindicato vê Banco Central sucateado e pede contratações

O Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal) divulgou hoje uma nota de apoio à intenção do governo federal de contratar 41 mil servidores por concurso público. A entidade alega que o BC é uma das áreas mais carentes de trabalhadores e que, para prestar bons serviços à sociedade, precisa aumentar o quadro de funcionários dos atuais 4,6 mil para 6 mil servidores.Conforme a nota, o BC vive um "sucateamento" com a redução do número de funcionários, uma vez que já contou com 8 mil trabalhadores. "Além disso, o banco tem tido dificuldades em manter os novos servidores, sobretudo os procuradores, atraídos por melhores salários pagos por outras carreiras", informa o documento.A nota afirma que a área de defesa do consumidor, por exemplo, está sendo bastante prejudicada e "não há estrutura para atender satisfatoriamente as cooperativas de microcrédito e administradoras de consórcio".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.