Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Sindicatos da França concordam em encerrar greve em aeroportos

Membros dos sindicatos ainda terão de votar o assunto; movimento teve pouco impacto no tráfego aéreo

Gabriel Bueno, da Agência Estado,

26 de dezembro de 2011 | 13h10

PARIS - Sindicatos da França fecharam um acordo nesta segunda-feira que deve encerrar uma greve de 11 dias de funcionários do setor de segurança no país. A paralisação, porém, teve pouco ou nenhum efeito sobre o tráfego aéreo.

O acordo em si não acaba com a greve - os membros dos sindicatos terão de votar o assunto -, mas dá sinais de que o movimento perde força e que funcionários devem fechar um acordo em alguns dias.

Os líderes dos sindicatos FO, CFTC, CFDT e Unsa disseram que os empregadores concordaram em atender a suas demandas salariais e que muitos trabalhadores já queriam o fim do conflito.

"Após consultarmos nossos membros, vemos que essas propostas são melhores que nada", disse Thierry Fressart do CFDT. O sindicato CGT afirmou que não assinaria o acordo, mas consultaria seus membros. Os grevistas exigiam 200 euros (US$ 160) de aumento mensal.

Uma associação que representa os aeroportos elogiou a decisão dos sindicatos. Segundo a entidade, os agentes receberão um bônus anual de mil euros, e as negociações sobre as condições de trabalho começarão no mês que vem.

Mais cedo, trabalhadores haviam decidido manter a greve nesta segunda-feira, mas agora devem se reunir na terça-feira para decidir se apoiam o acordo. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
françasindicatosgrevesaeroportos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.