Sindicom admite gasolina mais cara ao consumidor amanhã

O Sindicato Nacional das Distribuidoras de Combustíveis e Lubrificantes (Sindicom) admite a possibilidade de o aumento anunciado hoje pela Petrobras ser repassado já a partir de amanhã para o consumidor. "Será uma decisão tomada em cada empresa, dependendo da política estratégica", comentou o vice-presidente do sindicato, Alísio Vaz.Ele acredita também que a decisão sobre o aumento vai depender dos postos de combustíveis. "Cada um tem o seu estoque e pode optar pela melhor hora para o repasse", disse. Vaz destacou ainda que por ser um reajuste pequeno, não deverá haver impacto no consumo dos derivados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.