Sindipeças: faturamento atinge US$ 11 bi no 1º trimestre

O faturamento da indústria de autopeças chegou a US$ 11 bilhões no primeiro trimestre deste ano, alta de 12,7% na comparação com os três primeiros meses de 2007, segundo dados divulgados hoje pelo Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças).As empresas devem faturar US$ 44,1 bilhões este ano, o que representa uma alta de 22,7% na comparação com 2007 e é um volume superior, inclusive, ao aumento da produção de veículos estimada pela entidade este ano, entre 13,2% e 17,8%.De acordo com George Rugitsky, conselheiro da entidade, os números mostram que o setor continua a registrar um crescimento semelhante ao verificado em 2007, "apesar das incertezas na economia mundial".As montadoras foram responsáveis por 67% do faturamento da indústria de autopeças no período, seguidas pelas exportações (15%), mercado de reposição (12%) e intersetorial (6%).Balança comercialA balança comercial do segmento ficou deficitária em US$ 467 milhões entre janeiro e março deste ano, sendo que as exportações somaram US$ 2,3 bilhões, e as importações US$ 2,7 bilhões. "Tudo indica que vamos ter de rever nossa previsão de déficit para a balança comercial este ano", admitiu Rugitsky.O Sindipeças estimava um déficit de US$ 750 milhões para 2008. Será o segundo ano consecutivo, depois de mais de dez anos de superávit na balança comercial, que as importações vão superar as exportações no setor. No ano passado, o déficit foi de US$ 84 milhões; em 2006, o superávit foi de US$ 1,9 bilhão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.