Sinduscon-MG lança projeto social ´Brechó da Construção´

O Sindicato da Indústria da Construção Civil de Minas Gerais (Sinduscon-SP) lança amanhã, em conjunto com sindicatos e associações do Estado ligados à construção civil, o projeto social "Brechó da Construção", que pretende arrecadar materiais não utilizados em obras, reformas, demolições e lojas para melhorar moradias de famílias de baixa renda.De acordo com o sindicato, é normal que em projetos, como obras e demolições, ocorram sobras de materiais como tijolos, brita, ferragem, esquadrias, madeira e cerâmicas, entre outros. "Esses materiais, ao invés de ficarem esquecidos em depósitos, podem ajudar famílias carentes", informou o Sinduscon-MG em nota oficial. O projeto ganhou o apoio do poder público e também de instituições religiosas. Tanto a distribuição dos materiais, quanto a utilização serão acompanhadas por fiscais do Brechó.Para tornar o projeto viável, o Brechó disponibilizará caminhões-caçamba que buscarão as doações em seus locais de origem para levá-las a um Centro de Distribuição (CD). Lá, os materiais serão catalogados e classificados, antes de distribuídos às famílias de baixa renda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.