Sinduscon-SP: emprego na construção tem novo recorde

O nível de emprego na construção civil brasileira registrou novo recorde no mês de outubro, com total de 2,327 milhões de trabalhadores com carteira assinada, conforme levantamento do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (Sinduscon-SP) e da Fundação Getúlio Vargas (FGV). No mês de outubro, foram contratados 30,6 mil trabalhadores, 1,34% a mais que em setembro. O número de contratações no ano somou 242,6 mil.

EQUIPE AE, Agencia Estado

09 de dezembro de 2009 | 17h40

Em nota, o presidente do Sinduscon-SP, Sergio Watanabe, informou que os dados sobre emprego demonstram o descolamento entre a atividade da construção civil e a da indústria de materiais de construção. Segundo Watanabe, mesmo com a queda do nível de emprego que ocorre sazonalmente no fim do ano, o saldo de 2009 será positivo.

No Estado de São Paulo, foram contratados 4,6 mil trabalhadores em outubro, 0,71% a mais que em setembro. No fim de outubro, havia 654,3 mil empregados com carteira assinada na construção paulista. No ano, o setor criou 61,9 mil novos postos de trabalho no Estado.

No município de São Paulo, 3,1 mil pessoas foram contratadas no mês, com crescimento de 1% em relação a setembro. No ano, o total de novas contratações chegou a 34,2 mil. No fim de outubro, o setor contratava 319,8 mil pessoas na construção paulista.

Tudo o que sabemos sobre:
construção civilSinduscon-SPemprego

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.