bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Site australiano adquire 30% da Webmotors

O banco Santander, dono do site desde 2008, segue no controle do negócio, com 70% das ações

CLEIDE SILVA, O Estado de S.Paulo

17 de abril de 2013 | 02h06

O grupo australiano Carsales.com adquiriu por R$ 180 milhões 30% do capital social da Webmotors, maior portal brasileiro de compra e venda de veículos, com 16 milhões de acessos ao mês, segundo dados do Ibope. O banco Santander, dono do site desde 2008, segue no controle do negócio, com 70% das ações.

A Webmotors é avaliada em R$ 420 milhões e tem entre seus concorrentes o iCarros , do banco Itaú - que recebe em média 12 milhões de acessos mensais - e o brasileiro Carsale (que tem o nome parecido com o do grupo australiano, mas é nacional).

O grupo comprador é líder no mercado de classificados de veículos online na Austrália, e mantém atividades na China, Nova Zelândia, Tailândia, Malásia, Singapura, Indonésia e Emirados Árabes, segundo nota do Santander.

O Santander informou ontem que o objetivo da parceria é acelerar o crescimento da Webmotors e consolidar sua liderança no mercado brasileiro, por meio de transferência de tecnologia e conhecimento.

Pesquisas recentes indicam que mais de 90% dos compradores de carros no mundo iniciam a aquisição via online.

"A busca pelo sócio ideal foi muito criteriosa, de modo que estamos ansiosos para aproveitar as melhores oportunidades que vão surgir ao combinar a expertise do Santander na área de serviços financeiros, com a experiência da Carsales nos classificados online", disse o vice-presidente executivo do Santander, Felix Cardamone.

Para o presidente da Carsales.com, Greg Roebuck, "o Brasil é um mercado altamente atrativo, com demografia favorável, aumento da renda disponível e rápido crescimento da penetração da internet". O executivo citou ainda que as vendas de automóveis crescem rapidamente no País. "Em 2013, a expectativa é que mais de 4 milhões de veículos novos sejam comercializados, quatro vezes o total da Austrália."

A Webmotors foi criada em 1995 por Sylvio Alves de Barros Netto, então funcionário da General Motors. Em 2002, foi adquirida pelo ABN Anro, que, por sua vez, foi comprado pelo Santander em outubro de 2007. No ano seguinte, o site foi incorporado ao Santander. De acordo com a instituição, o portal abriga mais de 160 mil ofertas ao mês de veículos novos e usados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.