Site reúne vagas, talentos e informação

Usuários do Estadão Empregos | Monster podem ler reportagens, receber dicas, buscar oportunidades e cadastrar currículos

O Estado de S.Paulo

17 de junho de 2012 | 03h10

A partir deste domingo no ar, o site Estadão Empregos | Monster passa a oferecer ao mercado de trabalho uma ferramenta de recrutamento que aproxima em multiplataformas talentos e empregadores em busca do casamento profissional perfeito.

Fruto de parceria entre o Grupo Estado e o portal de vagas Monster, líder mundial em seu segmento, o espaço traz informações, área para cadastramento de currículos, ao mesmo tempo em que multiplica o alcance dos anúncios de empregos em diversas plataformas de mídia. A audiência potencial é de 2,3 milhões de pessoas.

"Acreditamos que o cenário atual do País tenha gerado uma busca maior por talentos e que as empresas atualmente encontram dificuldades para captar bons profissionais. Por isso, a parceria com a Monster pode propiciar solução completa de comunicação, que contempla papel, digital e redes sociais. Apostamos na intermediação e no conteúdo que tenha respaldo de uma empresa forte e especializada", diz o diretor-presidente do Grupo Estado, Silvio Genesini.

É justamente esse cenário que, segundo a diretora de marketing do Monster Brasil, Andreza Santana, faz com que, pela primeira vez no País, os candidatos tenham a opção de escolher onde vão trabalhar. "As empresas precisam mudar a estratégia de recrutamento. Elas têm de lançar mão de recursos de marketing para desenvolver suas marcas como empregadoras."

Hospedado no endereço empregos.estadao.com.br - e acessado pelo link "Empregos" no canto superior direito da home do portal www.estadão.com.br -, o site tem espaços dedicados às companhias e aos candidatos. O empregador pode comprar pacotes de anúncios para veiculação tanto na edição impressa quanto no portal, no site do Monster, nos smartphones e no BeKnown, a rede sócio-profissional da empresa no Facebook.

De outro lado, o leitor do Estado pode gratuitamente se informar sobre os principais temas da área, receber dicas de gerenciamento de carreira, buscar vagas por área e criar um perfil no ambiente Monster. O cadastramento permite que o usuário cultive seu currículo e se mantenha atualizado das ofertas no mercado, ainda que não esteja procurando uma vaga no momento.

"Quando ele entrar no perfil, haverá chamadas que podem interessá-lo", diz a diretora comercial de pré-venda do Grupo Estado, Elaine Dias. Neste caso, apenas com um clique, o usuário pode se candidatar às oportunidades. "Mesmo que o profissional não esteja procurando emprego, quando uma vaga é bem publicada e a abrangência é enorme, já há motivo suficiente para que ele tenha um frio na barriga", complementa Andreza.

A diretora de marketing do Monster Brasil acredita, ainda, que o instrumento facilitará a vida dos profissionais. "O trabalhador quer construir sua marca na internet e quer estar disponível para ser encontrado. Feito isso, ele vai aplicar para a oportunidade que brilhar aos seus olhos."

Para os anunciantes, Andreza destaca um serviço no site voltado à organização dos currículos enviados para cada vaga anunciada. "Mesmo que o anúncio saia do site (já que os pacotes são de até duas semanas), o banco de dados dos interessados pode ser gerenciado por mais tempo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.