Situação do País está pior, dizem Associações Comerciais

Uma pesquisa da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp) com 102 presidentes e diretores de associações comerciais do interior de São Paulo revela que 78% dos empresários acreditam que a situação geral do País está pior do que há um ano. Para outros 19%, a situação permanece igual, enquanto para apenas 3% está melhor.Indagados sobre a política econômica do governo, 16% deles a consideram positiva, enquanto 19% acham que é neutra e 65% acham que é negativa. Com relação à situação da economia em suas regiões, 28% disseram que está igual ao ano passado, mas 72% consideram que está pior, sendo que nenhum dos empresários respondeu que está melhor.Apesar disso, para 19% dos pesquisados as expectativas para os próximos meses é a de que a situação da economia vai melhorar e 50% acham que deve ficar igual. A expectativa de 31% desses empresários é que a situação econômica deve piorar nos próximos meses.Críticas à carga tributáriaA elevada tributação foi apontada por 55% dos empresários como o principal problema enfrentado por suas empresas, seguida pelas altas taxas de juros, que foi a principal dificuldade apontada por 20% dos entrevistados. Para 10% deles a burocracia e a incerteza seguida pela recessão, com 5% das respostas, são os outros fatores que dificultam a vida desses empresários do interior.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.