Situação nos EUA preocupa e mercados asiáticos caem

As bolsas de valores da Ásia encerraram a segunda-feira em queda, com os investidores preocupados com a situação de dívida dos Estados Unidos, conforme de aproxima o prazo de 2 de agosto para a elevação do teto do endividamento.

REUTERS

25 de julho de 2011 | 07h38

Às 7h38 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne bolsas da região Ásia-Pacífico excluindo o Japão mostrava baixa de 1,06 por cento, a 483 pontos.

Em Tóquio, o índice acionário Nikkei caiu 0,81 por cento, para 10.050 pontos. Os temores sobre os Estados Unidos fortaleceram o iene, abatendo algumas ações.

A bolsa de Hong Kong declinou 0,68 por cento, a 22.293 pontos, enquanto Xangai perdeu 2,96 por cento, a 2.688 pontos.

Essas duas praças foram abatidas ainda por um acidente de trem-bala na China, que foi o pior em quase três anos.

Em Sydney, houve variação negativa de 1,58 por cento, a 4.530 pontos.

A bolsa de Seul registrou baixa de 0,96 por cento, para 2.150 pontos. Cingapura perdeu 0,36 por cento, para 3.171 pontos, enquanto Taiwan declinou 0,93 por cento, para 8.683 pontos.

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAASIAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.