Skaf dá como certa sua eleição na Fiesp

O presidente da Associação Brasileira da Indústria Têxtil (Abit), Paulo Skaf, afirmou hoje que sua eleição para presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) "está definida" e que ele trabalha junto à base do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) para que haja a manutenção de um mesmo presidente para as duas entidades. "Dos 125 membros da Fiesp que devem ter poder de voto até o dia 25 de agosto, nós temos 71 delegados eleitores que estão abertamente com a nossa chapa. O nosso adversário (Cláudio Vaz) tem em torno de 40 votos e o restante está indefinido", disse Skaf para uma platéia de empresários e representantes de vários setores, em Ribeirão Preto (SP).O presidente da Abit lembrou que, se na Fiesp a eleição é restrita aos sindicatos filiados, "no Ciesp a eleição tem o voto direto das 7 a 8 mil empresas de São Paulo, divididas em 41 regionais. Aí o voto direto é imprevisível, mas estamos trabalhando a base em reuniões como essa. Temos de lutar pela união das entidades, uma vez que a Fiesp está claramente decidida e ninguém vai querer que haja a divisão das entidades", garantiu Skaf. O executivo criticou ainda seu adversário, sem no entanto citar o nome de Vaz, candidato apoiado pelo atual presidente das duas entidades, Horácio Lafer Piva. "Falta transparência aos nossos adversários. Estão afirmando que mudanças de sindicatos das indústrias até a eleição podem reverter a votação. Mas o apoio à nossa candidatura já foi definido antes de qualquer mudança", completou. O candidato à presidência da Fiesp/Ciesp aproveitou o encontro, no qual estavam empresários do setor do agronegócio, para criticar a morosidade para a aprovação no Senado do projeto de lei que viabiliza as parcerias público-privadas (PPP) e afirmar ainda que a sua elaboração foi feita sem a que a classe produtora fosse consultada. "Os atores principais não foram ouvidos, aliás não só neste projeto, na maioria dos projetos deste e de outros governos", concluiu Skaf.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.