Skagen reduz participação em ações PNB da Eletrobras a 14,82%

Fundos geridos pela Skagen, da Noruega, reduziram participação na Eletrobras de 15,22 para 14,82 por cento do total de ações preferenciais classe B da estatal brasileira de energia, segundo documento desta terça-feira.

Reuters

27 de novembro de 2012 | 15h16

Segundo a Skagen, o total de preferenciais classe B da Eletrobras detidos por seus fundos passou de 40.396.346 para 39.338.346 após a venda de papéis em bolsa.

Os papéis da Eletrobras têm sofrido na Bovespa, com investidores assustados com os impactos que a renovação antecipada de concessões elétricas terá sobre a estatal. No dia 21 de novembro, as ações da empresa tiveram a pior queda da história, com desvalorização de 20 por cento na sessão.

Desde a última sexta-feira, as ações da Eletrobras têm se recuperado na bolsa paulista.

(Por Sérgio Spagnuolo)

Tudo o que sabemos sobre:
ENERGIAELETROBRASSKAGEN*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.