Snow elogia Brasil pela decisão de não renovar acordo com FMI

O secretário do Tesouro dos EUA, John Snow, disse que recebeu com agrado a decisão do Brasil de não renovar seu acordo de crédito "stand-by" com o Fundo Monetário Internacional (FMI), dizendo que a resolução reflete a economia e políticas mais fortes do País. "Foi um notícia extraordinária, uma marca de realização financeira para o País e o grande crédito vai para o presidente Lula por este sucesso", disse Snow em nota divulgada à imprensa.O secretário norte-americano também observou que o crescimento econômico do Brasil registrado no ano passado foi o mais acelerado em dez anos, com um forte crescimento das exportações de 32%. Snow também recebeu com agrado os planos da administração do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, de reforma da lei de falências e do setor judiciário, reforma tributária, simplificação da regulamentação para empresas e promoção do desenvolvimento de infra-estrutura. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.