Sobre transparência, sistema financeiro não é exceção, alerta BC

Ao anunciar a criação do Sistema de Informações de Crédito (SCR) ? veja mais informações no link abaixo ?, o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, que não existe mais lugar para "caixas pretas ou torres de marfim" nas sociedades abertas do mundo. "Regulação, competição e transparência são requisitos essenciais para assegurar a eficiência de qualquer setor em uma economia moderna. O sistema financeiro não pode ser uma exceção a essa regra", disse Meirelles.Segundo ele, o sistema financeiro deve operar em um ambiente "bem regulado" em que vigore a competição livre e a transparência. Para o presidente do BC, o SCR vai permitir a ampliação da transparência do Sistema Financeiro Nacional.Ele acrescentou ainda que o SCR vai contribuir para a tarefa do BC de regulação prudencial do sistema financeiro. "O novo sistema torna mais eficaz o diagnóstico e a prevenção de crises bancárias, dotando a área de supervisão do BC de instrumento ágil e moderno de identificação de instituições com problemas potenciais em sua carteira de crédito", ressaltou.Ele avaliou ainda que a amplitude do SCR permitirá aumentar o conhecimento sobre o mercado de crédito, facilitando a adoção de políticas que visem a expansão da oferta de crédito, com processos de concessão mais simples, seguros e precisos. A criação do SCR faz parte das medidas incluídas na agenda microeconômica do governo Lula.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.