Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Soja embarcada antes de 11 de junho será examinada na China

O documento assinado hoje pela missão brasileira na China e vice-ministro do Ministério de Quarentena estabelece que as regras de controle editadas pelo Ministério da Agricultura em 11 de junho são eficientes para impedir novas contaminações da soja brasileira. O documento diz que as 23 empresas, que estavam suspensas no comércio do produto com a China, estão novamente autorizadas a exportar para a China. O documento estabelece ainda que as cargas que saíram do Brasil antes de começarem os controles nos portos brasileiros, ou seja, antes de 11 de junho, terão de ser vistoriadas. Caso haja sementes misturadas, esses grãos terem de ser retirados das cargas antes do desembarque no país e os custos dessa separação e vistoria ficarão por conta das empresas exportadoras.

Agencia Estado,

21 de junho de 2004 | 12h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.