Soja recua influenciada pelo preço do petróleo

Os contratos futuros de soja fecharam em queda ontem em Chicago e devolveram parte dos fortes ganhos da última sexta-feira influenciados pelo recuo forte das cotações do petróleo e pela valorização do dólar ante outras moedas. O interminável conflito entre produtores e governo na Argentina, que nesta semana chega ao terceiro mês, deve continuar dando suporte à soja. O contrato com vencimento em julho em Chicago fechou a US$ 13,4775 por libra-peso, em queda de 20,25 cents (1,48%).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.