Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Somem as vagas nos pacotes turísticos internacionais

Brindar a chegada do ano-novo no exterior exige do turista paciência e disponibilidade, em alguns, casos para gastar acima do planejado. A cotação favorável do dólar para viagens fora do Brasil levou a uma grande procura por pacotes internacionais para essa época. Para alguns destinos, como Nova York, Cancún, Buenos Aires e Punta del Este, já está difícil encontrar lugares.?Passar o Réveillon em Nova York num pacote de seis dias em hotel três estrelas custava US$ 2.478 há um mês. Hoje o mesmo pacote está entre US$ 2.800 e US$ 3.100?, compara o gerente de Atendimento da Speed Tour, Gilberto Almeida de Araújo. ?Os assentos mais baratos nos vôos vão lotando e os preços vão subindo.? Na operadora de turismo Flot os pacotes de fim de ano para Buenos Aires, Cancún, Saint Martin, Canadá e Nova York estão esgotados. Mas ainda há várias opções para o mês de janeiro. ?Os pacotes para o exterior acabam atraindo pelo dólar, pelo parcelamento em até 10 vezes e porque, no caso de vôos internacionais, as companhias são mais pontuais?, diz o vice-presidente da Associação Nacional dos Agentes de Viagem (Abav), Carlos Ferreira. Segundo ele, nessa época muitos brasileiros residentes no exterior vêm visitar a família, o que reduz mais ainda a oferta de lugares. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

AE, Agencia Estado

13 de novembro de 2007 | 09h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.