Sony investe US$ 654 milhões e vira a principal acionista da rival Olympus

A Olympus anunciou que vai receber uma injeção de capital de US$ 654,5 milhões da Sony, num acordo que vai reforçar o balanço da empresa, duramente afetado por um escândalo contábil de US$ 1,5 bilhão. Com esse aporte, a Sony se torna a maior acionista da Olympus, com 11,46%. As duas companhias planejam ainda uma joint venture para o desenvolvimento de aparelhos médicos até dezembro e estudam uma colaboração no setor de câmeras digitais compactas. Após meses de negociações, a Olympus escolheu a Sony dentre as várias ofertas que recebeu de empresas como Terumo e Fujifilm. A empresa buscava um investidor após a deterioração de sua situação financeira em razão de perdas não relatadas no fim da década de 1990.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.