HÉLVIO ROMERO/ESTADÃO
HÉLVIO ROMERO/ESTADÃO

‘SOU FAVORÁVEL A UMA REFORMA NA PREVIDÊNCIA'

"Eu me aposentei há oito anos e vim ao INSS hoje para uma outra coisa, para alterar um nome que estava errado no documento. Apesar de ter me aposentado cedo, com 47 anos e 35 anos de contribuição, eu sou contra, acho que é muito cedo mesmo.

Renato Jakitas, O Estado de S. Paulo

22 de maio de 2016 | 05h00

Beatriz Longo, 55 anos: ‘Estou aposentada desde os 47’

O problema foi que eu acompanhava a economia e fiquei realmente com medo de não ter aposentadoria. Desde a mudança de governo, do FHC para o Lula, eles começaram a gastar demais, a criar muitos ministérios e sabia que estava errado. Apesar de ser advogada, eu acompanho muito a economia, no jornal eu leio apenas economia e a parte de ciência, que gosto muito. E ao acompanhar isso, claro, deu medo pela situação da Previdência.

Particularmente, sou favorável à uma revisão na aposentadoria, acho que é necessário, mas tem de tomar alguns cuidados. Tem que definir melhor para quem não tem o direito adquirido e para quem tem, definir essa linha. Muita gente começou a pagar a Previdência com 18 anos, como eu, e as pessoas não podem perder isso a dois anos, a cinco anos de se aposentar. Acho que tem outros benefícios que podem ser cortados também.”

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.