finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

SP abre 2ª fase de campanha contra aftosa em Ribeirão Preto

A Secretaria da Agricultura Pecuária e Abastecimento do Estado de São Paulo abre, no próximo dia 1º de novembro, em Ribeirão Preto, a segunda fase da campanha oficial de vacinação contra a febre aftosa. Na primeira fase, realizada em maio deste ano, o índice de cobertura foi de 99,50% das 13,22 milhões de cabeças do rebanho paulista. Os 65 mil animais não vacinados na primeira fase foram imunizados compulsoriamente pela Secretaria. O Estado não registra casos da doença há dez anos e na campanha de novembro de 2005 alcançou o recorde de 99,6% do rebanho vacinado. Além da campanha contra a aftosa em bovinos e bubalinos, em novembro ocorre ainda vacinação contra a raiva em herbívoros. Ao contrário das vacinações anteriores, realizadas obrigatoriamente em 14 regiões, a próxima vai ocorrer apenas nos municípios do entorno de Guaratinguetá, Pindamonhangaba e Mogi das Cruzes. Nas restantes, a vacinação anti-rábica não é obrigatória. A queda nos casos de raiva em herbívoros, de 773 propriedades com registro da doença em 2000, para 40 este ano, foi o motivo da redução da obrigatoriedade da vacinação. Na última campanha de vacinação, em maio deste ano, 99,02% do rebanho de 2,94 milhões de cabeças foi vacinado contra raiva. Com a redução, 755 mil animais ainda terão de ser imunizados obrigatoriamente.

Agencia Estado,

09 de outubro de 2006 | 17h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.