SP notifica 466 lojas suspeitas de sonegação com cartão

O Fisco paulista notificou hoje 466 estabelecimentos suspeitos de declararem valores inferiores das operações efetuadas com cartões de crédito e débito no ano passado. A ação é a terceira fase da operação Cartão Vermelho, iniciada em setembro passado e que visa reduzir os níveis de sonegação fiscal nas operações a varejo. Ao todo, já foram realizadas 1.214 notificações.Segundo a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo, a diferença de valores surgiu com o cruzamento das informações concedidas pelas administradoras de cartões e pelos comerciantes. A irregularidade foi constatada em mais de 93.600 empresas do Estado. Elas declaram ao Fisco a movimentação de cerca de R$ 11,2 bilhões, enquanto as administradoras disseram ter repassado a elas R$ 24,2 bilhões. De acordo com a pasta, há indícios da sonegação de R$ 1,5 bilhão em 2006.O comerciante notificado tem cinco dias para prestar informações sobre suas operações. Se verificado um eventual débito, ele poderá pagá-lo por meio do Programa de Parcelamento Incentivado do ICMS (PPI do ICMS), cuja adesão pode ser feita até a 31 de janeiro de 2008. Quem possui débitos e ainda não foi notificado pelo Fisco também pode aderir ao programa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.