SP passará a ser exportador de aves

O secretário de Agricultura do Estado de São Paulo, José Carlos Meirelles, informou que o Estado passa a exportar aves a partir deste ano. As regiões de Bastos e Descalvado, segundo ele, vão liderar as vendas externas. O principal mercado é o Oriente Médio. Meirelles explicou que o início das exportações desse segmento segue uma política de estímulo às exportações praticada no Estado. O secretário acredita que em 2002 o peso do agronegócio será ainda maior dentro do total de exportações do Estado, mas preferiu não fixar um porcentual. No ano passado, o setor respondeu por 36% das vendas do Estado. Meirelles afirmou que esse aumento se deve aos esforços para agregar de valor no agronegócio. Ele citou, como exemplo, um aumento das vendas externas de café torrado, de frutas certificadas, selecionadas e embaladas. O secretário destacou, também, o crescimento das exportações de flores e carne bovina - o Estado responde por 67% do total da carne bovina exportada pelo Brasil, e esse número deve crescer. Meirelles afirmou que o Brasil dará um salto nas exportações do agronegócio para US$ 50 bilhões entre 2005 e 2006, gerando um saldo comercial positivo de US$ 30 bilhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.