Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

SP quer elaborar plano de defesa sanitária

O secretário de Agricultura de São Paulo, João Sampaio, disse hoje, durante reunião da Câmara Setorial da Carne Bovina, que sua pasta deve apresentar nos próximos meses um plano detalhado para a defesa sanitária do Estado. "Com o plano teremos o controle de todos os processos produtivos da agropecuária paulista", disse o secretário.Sampaio também anunciou a contratação de 300 funcionários para a defesa sanitária paulista e anunciou a nomeação do novo coordenador de defesa agropecuária do Estado, Cláudio Alvarenga. Ele substituirá Anselmo Lucchese Filho, que estava no cargo desde janeiro do ano passado. Lucchese pediu demissão alegando motivos pessoais. Na reunião da Câmara Setorial também foram discutidos um novo modelo para o Fundo de Desenvolvimento da Pecuária do Estado de São Paulo (Fundepec) e ações para enfrentar as restrições impostas à importação de carne bovina pela União Européia (UE). Sampaio reiterou que considera o embargo europeu à carne de São Paulo uma ação política, sem embasamento técnico, já que o Estado não registra febre aftosa há 12 anos. "A UE usa dois pesos e duas medidas para decidir quem exporta para lá. O embargo é político", disse. Além do secretário, participaram também da reunião representantes dos frigoríficos, criadores, universidades e institutos de pesquisas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.