SPB: novo limite para transferência eletrônica

A Federação Brasileira de Associações de Bancos (Febraban) emitiu uma nota oficial hoje para explicar que o novo Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB) entrará em funcionamento no dia 22 de abril, conforme previsto. Inicialmente será processada Transferência Eletrônica Disponível (TED) a partir de R$ 5 milhões, quando envolverem operações entre clientes. Já as transferências entre clientes e instituições relativas a operações liquidadas por intermédio das câmaras não sofrerão qualquer limitação. O valor de R$ 5 milhões será reduzido gradativamente, ampliando as operações pelo SPB, à medida que o sistema apresente performance de excelência, oferecendo total segurança para a liquidação de volumes crescentes de operações. A implantação gradual das transferências eletrônicas permitirá uma adaptação mais tranqüila também para os clientes. No âmbito da rede do SPB, devem entrar em operação as Câmaras de Câmbio e de Derivativos, administradas pela Bolsa de Mercadorias e Futuros, a Câmara de Ativos da CBLC (Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia), o Selic (Sistema Especial de Liquidação e Custódia de Títulos Públicos) e a Cetip (Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos), todas em adiantado processo de homologação pelo Banco Central.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.