SPC divulga fundos com investimento irregular

Veja a seguir a lista dos 31 fundos de pensão que, segundo dados da Secretaria de Previdência Complementar (SPC), estão desenquadrados nos limites previstos na resolução 2.829 do Conselho Monetário Nacional (CMN) para investimentos em imóveis. De acordo com a resolução, o limite de investimentos em imóveis para os anos 2001 e 2002 é de 16% do patrimônio dos fundos.Veja a lista dos fundos que estão superaplicados em investimentos imobiliários.1- Serpros - 17,17%2- Funasa - 17,14%3- Previ/Banerj - 30,01% (em liquidação)4- Fascemar - 17,26%5- Funcef - 21,82%6- Cabec - 17,26%7- Portus - 21,78%8- Suprev - 18,28%9- Caemi - 27,22%10 - PSS/Philips - 20,18%11 - Sias - 63,50%12 - Femco - 21,99%13 - Comshell - 18,62%14 - Capaf - 18,72%15 - Prevhab - 21,10%16 - Mappin - 47,41% (em liquidação)17 - Facepi - 17,13%18 - Eletra - 19,3319 - Fapers -15,66%20 - Uranus - 26,22%21 - Refer - 20,08%22 - Parse - 34,50% (em liquidação)23 - Fapieb - 62,20% (sob intervenção)24 - Cifrao - 17,78%25 - Mendesprev - 43,85%26 - Fundação Corsan - 54,64%27 - Francisco Conde - 97,30%28 - Silius - 71,58% (sob intervenção)29 - Fucae - 18,70% (liquidação)30 - Fapece - 44,62% (sob intervenção)31 - Fundadepar - 25,92%

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.