SPC tem mais de 1,5 milhão de novos inadimplentes em outubro

A 60 dias do Natal, mais de 1,5 milhão de nomes de inadimplentes foram incluídos no banco de dados do Serviço de Proteção ao Crédito Brasil (SPC Brasil). De acordo com a empresa de análise de crédito, 1.685.248 novos registros foram feitos e passaram a ter restrições nos primeiros 20 dias de outubro. No mesmo período, 1.513.661 registros foram excluídos, determinando um saldo de 171.587 pessoas que deixaram de ter facilidades de compra a prazo.A SPC Brasil ressalta, porém, que aproximadamente nove milhões de registros já foram retirados do banco de dados no ano, fato considerado relevante pela empresa, se considerado que 2004 é um ano de retomada de compra de bens duráveis e de valor mais elevado, um indicador das vendas a prazo.Nos primeiros 20 dias de outubro, a região Nordeste apresentou o melhor resultado em reabilitação de crédito, com 172.745 nomes incluídos no sistema e 502.996 retirados. O pior resultado foi o do Centro-Oeste, onde 126.357 CPFs foram reabilitados ao crédito e 240.757 novos CPFs passaram a ter restrições a vendas a prazo nesse período.Segundo a companhia, o resultado não tem ligação com as recentes elevações da taxa básica de juros brasileira pelo Comitê de Política Monetária (Copom), mas esse reflexo poderá ser sentido a partir de agora, quando as pessoas começam a programar compras de fim de ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.